• Facebook - Grey Circle

20 de outubro

Encontros e Desencontros

com Inacio De Nonno e Mauricy Martin

Sala Watari

Sábado, 20 de outubro de 2018

às 20:00

Inacio De Nonno é doutor em Música pela UNICAMP e Mestre – suma cum laude - pela UFRJ, onde é professor nas classes de Canto da Escola de Música dessa Entidade.

 

Prêmio Especial para a Canção Brasileira no XII Concurso Internacional de Canto do Rio de Janeiro, do repertório de Inacio De Nonno constam mais de 30 primeiras audições mundiais de peças e óperas brasileiras, especificamente para ele compostas.

Tem participação em 30 CDs gravados, todos dedicados ao repertório brasileiro, desde restaurações do material Colonial, até os compositores contemporâneos mais vanguardistas. O CD da ópera Colombo, de Carlos Gomes, onde Inacio De Nonno interpreta o papel título, ganhou o prêmio da APCA e o prêmio Sharp, assim como o prêmio APCA com sua participação na ópera “O Menino e a Liberdade” de Ronaldo Miranda.

Seu repertório enfatiza ainda, a música antiga, o lied, com ênfase na obra de Franz Schubert, e a canção francesa, onde aborda especialmente os compositores Ravel, Fauré e Poulenc.

No repertório operístico, conta hoje com mais de 40 papéis efetivamente apresentados em público. Inacio De Nonno é, também, membro da Academia Brasileira de Música.

Mauricy Martin, professor na Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) se destaca por sua atuação como pianista e educador no Brasil, EUA, Hungria, Itália, Sérvia, Argentina e Paraguai. 

 

Como camerista, colaborou com respeitados artistas, incluindo os brasileiros violoncelista Antonio Lauro Del Claro, soprano Niza Tank, contrabaixista Milton Masciadri, o alemão Martin Krasnenco barítono e clarinetista belga Walter Boykens. 

 

Como solista de orquestra, já tocou sobre a regência de Aylton Escobar, Benito Juarez, Claudio Cruz, Eduardo Ostergren, Julio Medaglia, Carlos Fiorini e Lutero Rodrigues.  Seu estilo pianístico é reconhecido pelo seu "som claro, limpo e bonito". Sua apresentação da Sonata I de Alberto Ginastera em Raleigh (EUA) foi aclamada como “um das melhores apresentações..., mostrando musicalidade profunda e compreensão da alma interior da música, bem como uma facilidade técnica de mais alto nível”. 

 

Educador dedicado, Maurícy Martin traz consigo respeitada reputação internacional como professor e membro de bancas em concursos. Como artista convidado já ministrou Master Classes nas principais universidades e escolas de músicas brasileiras; nos EUA na Georgia State University, Cinccinatti Conservatory of Music, Indiana State University, Meredith College, Western State University of Connecticut, Northwestern State University of Lousiana, Southern University, Universith of North Dakota; no Paraguai na Universidad Nacional de Asuncion e na Escola de Música Isidor Bajic na Sérvia. Mauricy Martin é frequentemente convidado como professor e pianista em festivais no Brasil como Festival Internacional de Brasilia; Festival das Esferas( SP); Festival de Londrina; Festival da Fundação das Artes (SP); Encontro Internacional de Pianistas de Tatui, Encontro Internacional de Pianista de Piracicaba. No exterior foi professor no Encontro Internacional de Pianistas de Mar Del Plata (Argentina); Resonant Thoughts ( Itália) e   na Sérvia é Diretor Artístico do Backa Palanka International Piano Festival.

Em 2017, pelo trabalho realizado ao longo dos anos na formação de jovens pianistas e pela contribuição para a vida cultural de Campinas Mauricy Martin foi selecionado para tomar posse na Academia Campineira de Letras e Artes ocupando a cadeira Oscar Lorenzo Fernandez.

Mauricy Martin obteve o Mestrado na famosa escola de música da Indiana University e o Doutorado na Boston University onde foi discípulo do grande pianista americano Anthony di Bonaventura.